Entrevistas Dudu Cearense

Published on outubro 4th, 2017 | by leonardosmota

0

Perto da renovação, Dudu Cearense espera que elenco se mantenha: “Melhor da carreira”

Aos 34 anos, volante não esconde o desejo de permanecer no Botafogo e, quem sabe, encerrar a vitoriosa carreira no Alvinegro. Sobre Roger, ele diz que foi um “baque imenso”
Perto da renovação, Dudu espera que elenco se mantenha:

Campeão Grego, Russo, da Copa América de 2004 pela seleção brasileira, Estadual por quatro clubes diferentes…. o currículo de Dudu Cearense é vasto e de respeito. Realizado profissionalmente, ele, aos 34 anos, mesmo não sendo titular de Jair Ventura, faz questão de afirmar que vive um dos momentos mais prazerosos da carreira. E está muito perto de acertar a renovação com o Botafogo.

– Está tudo certo, falta só chamar para renovar. Eu e o Márcio (Bittencourt, empresário) estamos esperando definir o dia para marcarmos uma reunião e definir os detalhes. Mas está bem encaminhado.

Dudu Cearense é um dos líderes do grupo e também tem papel fundamental no trato com os mais jovens, que chegaram para equilibrar o elenco. Além dele, outros jogadores muito importantes estão em fase final de contrato, como Airton, Victor Luis, Roger, Guilherme…

Dudu Ceanrese brinca com Luis Ricardo no treino (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo. )

Dudu Cearense brinca com Luis Ricardo no treino

– Manter é muito importante. Querendo ou não, ano que vem devem ter contratações pontuais. O grupo foi bem montado, fortalecido, quem chegar para reforçar vai ajudar. Panelinhas, inveja, isso acaba atrapalhando e não leva a lugar nenhum. Foi assim que chegamos nas quartas de final da Libertadores e poderíamos ter chegado à final, sabemos disso. O melhor grupo da minha carreira é esse do Botafogo.

Adaptado ao Rio de Janeiro e, principalmente ao clube, Dudu não descarta encerrar a cerreira no Alvinegro.

– Cara, penso ano por ano. Em 2018 vai ser um ano maravilhoso de novo. Já são quase dois anos com o Botafogo. Quero seguir em frente, se possível. Se for para se aposentar aqui, seria maravilhoso. Não sei. Se mantiver essa renovação, daí já posso encerrar. Como tenho lenha para queimar ainda e estou me sentindo muito bem… Quero viver um dia de cada vez. Não posso pensar no futuro sem esquecer o presente.

Confira outros tópicos da entrevista

Chegou a receber propostas?
– 
A gente recebeu uma proposta de um time grande do Chipre, o Anorthosis. Mas não quero mais tirar a família do Brasil, está bem adaptada ao Rio, estou muito bem no Botafogo… Falei até com o presidente do clube e tudo, agradeci pelo interesse, e ele entendeu.

Importância do ambiente criado no clube?
– 
Quero deixar um legado para os mais jovens. Botafogo é um clube hoje que tem mentalidade diferente, e os mais jovens estão entendendo isso. Estão vindo com mentalidade vencedora, trabalhando muito e respeitando quem está à frente. Falo muito, quem está com cabeça baixa a gente puxa para conversar. Minha briga é essa, quem não está jogando se ficar com cabeça baixa não fica competitivo. No momento que ficamos fora da Libertadores, no dia seguinte estava todo mundo ralando para caramba do mesmo jeito.

Esse ano você já jogou um pouco mais do que ano passado. Tem sido um ano melhor para você?

– Demais. Muito mais. Até porque pude mostrar valor dentro de campo, jogamos muito tempo com um time alternativo, de titular também… E ajudar fora, fortalecer o grupo, mostrar que todos são importantes. Quem entra, o torcedor não quer saber: se for bem é obrigação, se for mal aí não presta. Mas estamos lá todos os dias batalhando por uma oportunidade de entrar. É gratidão por um ano melhor, e ano que vem seja melhor ainda.

Gol do Botafogo! Gilson cobra falta e Dudu Cearense cabeceia, aos 26 do 1º tempo

Gol do Botafogo! Gilson cobra falta e Dudu Cearense cabeceia, aos 26 do 1º tempo

Primeira Libertadores?
– Bom demais, quero ano que vem de novo. Chamou a atenção por ser no meu país, em um time grande como o Botafogo. Para mim, foi uma coisa histórica.

Dá para comparar com a Liga dos Campeões?
– Não tem como comparar, cada um tem sua particularidade. A Libertadores tem força na América do Sul, aumenta a credibilidade do clube. Hoje o Botafogo voltou a ser como antes, respeitado. O torcedor vivenciou com a gente, acreditou muito, saímos de cabeça erguida por um detalhe. Mas para chegar no nível da Liga vai demorar um poquinho. Foram anos e anos de patrocínios fortíssimos, tem Real Madrid, Barcelona, times com poder aquisitivo muito alto. Esse ano já teve uma mudança boa, com um calendário diferente, indo até o fim do ano, como se faz na Europa.

E ano que vem há chance de a final ser em jogo único e estádio neutro. Te agrada a ideia?
– Perfeitamente. Esse é o nível que tem que buscar. A Liga faz ano a ano e sempre dá certo em estádio neutro, sem violência, não há questão de gol fora de casa. Alguns não vão gostar, mas eu gostei. Vai da opinião de cada um.

Missão Libertadores 2018 é via G-7 ou G-4?
– 
Queremos muito, mas vamos viver um jogo de cada vez. A gente nem pensa em G-7 ou G-4. Meu grupo é de viver um jogo de cada vez, para não colocar metas e não atingir. Infelizmente perdemos o último, mas temos totais chances de voltar.

Teme baixas no elenco?
– Normalmente, todo ano tem mudança. Todo grupo performado jamais fica (inteiro). Esse grupo vai ficar marcado. Espero que, ano que vem, quem chegar possa somar. Como esse ano ou até melhor, a esperança é sempre evoluir.

Dudu Cearense com Roger antes do atacante descobrir o problema de saúde (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo. )

Dudu Cearense com Roger antes do atacante descobrir o problema de saúde

Como foi o baque com o drama do Roger?
– Eu estava em casa e vi na internet. Foi um baque imenso, o grupo sentiu muito. Não sabia que ele iria aparecer por lá no sábado, e quando vi estava brincando, falando: “Dudu, agora é gratidão pela vida”. Isso aí que nós queremos. Ele agradeceu muito nosso apoio, é um cara muito forte e com certeza vai estar com a gente mais forte ainda e mais feliz.

Tags:


About the Author



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑

Show Buttons
Hide Buttons