Lista Felipe Conceição entra no top 5 de técnicos demitidos

Published on Fevereiro 14th, 2018 | by leonardosmota

0

Felipe Conceição entra no Top 5 dos técnicos que menos duraram no Botafogo

Demitido após apenas sete jogos, com direito a eliminação na Copa do Brasil e Taça Guanabara, treinador vira mais um para estatísticas negativas do Alvinegro no século XXI: veja o ranking
Vapt-vupt: Conceição entra no Top 5 dos técnicos que menos duraram no Botafogo

1) Mário Sérgio: 3 jogos

Mário Sérgio teve 0% de aproveitamento em 3 jogos (Foto: Lucas Uebel/Vipcomm)

Mário Sérgio teve 0% de aproveitamento em 3 jogos

Ficou no comando do Botafogo de 30/09 a 06/10 de 2007 e acumulou três derrotas em três jogos, com 0% de aproveitamento, e entregou o cargo em seguida. Anos mais tarde, virou comentarista esportivo da “Fox Sports” e faleceu na tragédia do voo da Chapecoense, no fim de 2016.

  • Botafogo 0 x 3 Goiás (30/09/2007) – Maracanã – Brasileiro
  • Botafogo 0 x 2 Atlético-PR (03/10/2007) – Arena da Baixada – Brasileiro
  • Botafogo 1 x 2 Santos (06/10/2007) – Nilton Santos – Brasileiro

2) Dé: 5 jogos

Dé teve 53,3% de aproveitamento em 5 jogos (Foto: Reprodução / SporTV)

Dé teve 53,3% de aproveitamento em 5 jogos

Ficou no cargo de 15/04 a 12/05 de 2001 (neste período, o Botafogo jogou um amistoso com a seleção de Ulsan na Coreia do Sul, mas o técnico foi Antônio Clemente). Somou duas vitórias, dois empates e uma derrota, com 53,3% de aproveitamento, mas pesou em sua demissão a goleada de 7 a 0 para o Vasco. Atualmente é comentarista da “Rádio Globo”.

  • Botafogo 3 x 2 Madureira (15/04/2001) – Moça Bonita – Carioca
  • Botafogo 1 x 1 Fluminense (22/04/2001) – Maracanã – Carioca
  • Botafogo 0 x 7 Vasco (29/04/2001) – Maracanã – Carioca
  • Botafogo 1 x 0 Americano (05/05/2001) – Maracanã – Carioca
  • Botafogo 2 x 2 Cabofriense (12/05/2001) – Rua Bariri – Carioca

3) Arthur Bernardes: 6 jogos

Arthur Bernardes teve 16,6% de aproveitamento em 6 jogos (Foto: Marcos Dantas)

Arthur Bernardes teve 16,6% de aproveitamento em 6 jogos

Dirigiu o Botafogo de 21/07 a 21/08 de 2002 em quatro jogos oficiais e dois amistosos, obtendo três empates e três derrotas. Com um aproveitamento de apenas 16,6%, não resistiu aos resultados ruins e acabou desligado do cargo. Atualmente, é o técnico do Nacional-AM.

  • Botafogo 1 x 3 Toluca (21/07/2002) – Angra dos Reis – Amistoso
  • Botafogo 0 x 1 Figueirense (28/07/2002) – Orlando Scarpelli – Amistoso
  • Botafogo 1 x 2 Santos (10/08/2002) – Vila Belmiro – Brasileiro
  • Botafogo 1 x 1 Atlético-MG (14/08/2002) – Maracanã – Brasileiro
  • Botafogo 0 x 0 Cruzeiro (18/08/2002) – Mineirão – Brasileiro
  • Botafogo 2 x 2 Internacional (21/08/2002) – Maracanã – Brasileiro

3) Geninho: 6 jogos

Geninho teve 38,8% de aproveitamento em 6 jogos (Foto: Fabiano de Oliveira)

Geninho teve 38,8% de aproveitamento em 6 jogos

Empatado com Arthur Bernardes no número de jogos, ele foi o treinador do Botafogo de 08/06 a 09/07 de 2008. Seu aproveitamento foi de 38,8% após duas vitórias, um empate e três derrotas, sendo demitido logo após a goleada por 5 a 2 para o Vitória no Barradão. Atualmente, está sem clube desde que deixou o ABC em julho do ano passado.

  • Botafogo 2 x 1 Coritiba (08/06/2008) – Nilton Santos – Brasileiro
  • Botafogo 1 x 2 Internacional (14/06/2008) – Beira-Rio – Brasileiro
  • Botafogo 0 x 1 Portuguesa (21/06/2008) – Nilton Santos – Brasileiro
  • Botafogo 0 x 0 Fluminense (29/06/2008) – Maracanã – Brasileiro
  • Botafogo 2 x 0 Grêmio (06/07/2008) – Nilton Santos – Brasileiro
  • Botafogo 2 x 5 Vitória (09/07/2008) – Barradão – Brasileiro

5) Felipe Conceição: 7 jogos

Felipe Conceição teve 42,8% de aproveitamento em 7 jogos (Foto: Vitor Silva / SS Press / BFR)

Felipe Conceição teve 42,8% de aproveitamento em 7 jogos

Comandou o Botafogo em sete partidas entre 16/01 e 10/02 de 2018, com duas vitórias, três empates e duas derrotas, que dá um aproveitamento de 42,8%. Além dos resultados em si, com duas eliminações na Taça Guanabara e Copa do Brasil, pesaram as más atuações do time. Ex-auxiliar permanente da comissão técnica, ele ainda pode seguir no clube em outra função.

  • Botafogo 2 x 2 Portuguesa-RJ (16/01/2018) – Nilton Santos – Carioca
  • Botafogo 0 x 0 Fluminense (20/01/2018) – Maracanã – Carioca
  • Botafogo 2 x 1 Macaé (25/01/2018) – Moacyrzão – Carioca
  • Botafogo 1 x 0 Boavista (28/01/2018) – Nilton Santos – Carioca
  • Botafogo 0 x 0 Madureira (03/02/2018) – Nilton Santos – Carioca
  • Botafogo 1 x 2 Aparecidense (06/02/2018) – Aníbal Toledo – Copa BR
  • Botafogo 1 x 3 Flamengo (10/02/2018) – Raulino de Oliveira – Carioca

Depois de Conceição, os próximos da lista são PC Gusmão, que dirigiu o Botafogo em nove jogos entre 06/04 e 26/06 de 2005, e Péricles Chamusca, que foi o comandante alvinegro em 12 partidas de 03/07 a 25/08 do mesmo ano.

Tags:


About the Author



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑

Show Buttons
Hide Buttons